Skip navigation

As reservas mundiais de cobre, medidas e indicadas, atingem atualmente cerca de 607 milhões de toneladas de metal contido. Considerando a demanda atual de cobre refinado, da ordem de 11,8 milhões de t, tais reservas dariam para abastecer o mundo por cerca de 50 anos.

Mais de 40% das reservas mundiais estão localizadas no Chile (27%) e nos Estados Unidos (15%). A seguir, com valores representativos, pode-se citar Polônia (6%), Zâmbia (6%), Rússia (5%) e Peru (4%).

As reservas brasileiras medidas e indicadas atingiram, em 1995, 11,6 milhões de t de cobre contido, representando 1,9% do total mundial.

Os principais tipos de ocorrência de cobre são de minério sulfetado, de minério oxidado ou ocorrências mistas, com presença de sulfetos, óxidos, hidróxidos e carbonatos.

Das reservas mundiais, cerca de 80% são de minério sulfetado, sendo que mais da metade é do tipo sulfetado porfirítico, como as da mina de Escondida, no Chile. Normalmente, são reservas de grande significado econômico pelo volume de minério, podem ser lavradas a céu aberto e apresentam baixo teor de cobre, até 1,5%, visto que este encontra-se disseminado em rochas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: