Skip navigation

Localização


O projeto

Trata-se de empreendimento mínero-metalúrgico de cobre, ouro, prata e molibdênio, em desenvolvimento na jazida de Salobo-PA pela empresa Salobo Metais, uma joint venture formada pela Companhia Vale do Rio Doce – CVRD e pela Mineração Morro Velho (Grupo Anglo-American), com participação do BNDES. Salobo é a jazida de cobre mais importante do Brasil. Possui reservas da ordem de 1,4 bilhão de t de minério, com teor de 0,8% Cu correspondendo a 11,2 milhões de t de cobre contido, associado a ouro, prata e molibdênio.

A produção é de 500 mil t/ano de concentrado de cobre equivalentes a 188.500 t de cobre contido com teor médio de 37,7% Cu, 150 mil t/ano de cobre refinado, 8 t/ano de ouro e 20 t/ano de prata. As usinas de fundição e refino serão localizadas no Pará e estarão interligadas à usina de concentração, situada na área da mina, por sistema de mineroduto.

A tecnologia de fundição e metalurgia será Outokumpu, da Finlândia.

As operações estão programadas para estarem todas em funcionamento até 2010. A CVRD, anunciou que construirá na região de Carajás, no Pará, uma planta semi-industrial de processamento de cobre por meios hidrometalurgicos com a finalidade de testar novas tecnologias

Modelamento 3D do Terreno

O projeto da mina de Salobo foi desenvolvido pela companhia mineratória Vale do Rio Doce. Este projeto visa o aproveitamento econômico do minério sulfetado de cobre, via um processo de concentração do minério por flotação.
Estrada de Ferro Carajás
A SMSA – Salobo Metais S.A., empresa do grupo CVRD, contratou a empresa FLUOR/JP para elaborar o Estudo de Viabilidade Final com uma precisão nos trabalhos de engenharia compatível com os resultados esperados em um região com densidade florestal elevada.


Rio Parauapebas
ENGENHARIA BÁSICA

A engenharia básica a ser realizada contemplará os seguintes serviços:

  • Usina de Beneficiamento do minério de Cobre, Ouro e Prata;
  • Cava da Mina e Pilhas de Estéreis;
  • Barragem de Rejeito e Reservatório no Vale do Igarapé Mirim;
  • Linha de Transmissão de Energia Elétrica, da cidade Parauapebas ao Projeto Salobo;
  • Duplicação da atual Linha de Transmissão de Energia Elétrica, da cidade de Marabá até o Projeto Salobo;
  • Estrada de Acesso ao Projeto;
  • Mineraduto, do Projeto Salobo até a cidade de Parauapebas;
  • Apoio aos estudos ambientais necessários para obtenção das licenças (áreas de fazendas, edificações, desmatamentos, etc).
  • MAPEAMENTO REALIZADO

    Para atender os requisitos de obtenção de dados cartográficos, a ESTEIO S.A. utilizou a tecnologia de Perfilamento LASER com uso do equipamento ALTM – Airborne Laser Terrain Mapper da Optech Inc.

    Com esta tecnologia foram executados serviços na futura região de mineração, na estrada de acesso ao projeto e nas LT’s existentes.


    Travessia Estrada de Ferro Carajás sobre Rio Parauapebas
    Foram realizados cerca de 1.290 km de faixas de perfilamento a LASER com obtenção de plantas hipsométricas na escala 1:5.000 e curvas de nível com eqüidistância de 5 m totalizando uma área coberta de mais de 280 km2.

    Face às condições atmosféricas parte do levantamento foi realizado em período noturno. O período noturno para o perfilamento a LASER foi utilizado com anuência do contratante face a urgência em obter os dados de elevação da região do projeto Salobo.

    Nos vôos diurnos foram resgatadas as imagens de vídeo do sistema, compondo um dos produtos de entrega que corresponde aos vídeos em DVD das coberturas realizadas.

    CARACTERÍSTICAS

    A região de trabalho apresentava uma densidade de cobertura vegetal muito grande além de dificuldade de acesso por via terrestre, principalmente no estado do Pará.

    A instalação de pontos GPS para atuar na correção diferencial dos dados LASER na região do Pará foi dificultada por este motivo além das restrições locais de abertura de clareiras.


    MDE – Modelo Digital de Elevação
    - Região Futura Mina

    MDT – Modelo Digital de Terreno
    - Região Futura Mina
    A altura de vôo para o Perfilamento a LASER foi de 1.000 m com uma respectiva largura de varredura LASER de 320 m (ângulo de abertura de 9º). Este levantamento foi planejado para permitir um espaçamento de pontos no terreno na ordem de 1 m.
    Com o processamento dos dados foi observado um taxa de penetração dos pulsos LASER nos vazios da vegetação de cerca de 20%, mas sem garantia que estes pulsos tenham atingido o solo devido a densidade da vegetação nestas regiões.
    Perspectiva – Estrada de Ferro Carajás
    Com a informação dos arquivos processados (coordenadas E,N,h) dos pontos levantados e com o uso do programa ERMAPPER e da sua ferramenta GRIDING WIZARD, foram geradas imagens hipsométricas nas quais a diferença de cota é apresentada na forma de diferença de tonalidade.
    Todo o levantamento realizado derivou uma imagem de vídeo em S-VHS, com exceção para os vôos realizados no período noturno.

    As imagens S-VHS foram processadas em sua radiometria e mosaicadas, formando um sub-produto de imagem ao qual foi superposta a altimetria derivada do perfilamento a LASER.


    Imagem de Vídeo com Superposição de Altimetria

    Planta Altimétrica na escala 1:5.000
    Com o arquivo de pontos sobre o terreno (MDT – Modelo Digital de Terreno) e com o programa Socet Set e sua ferramenta de importação e manipulação de modelos digitais e algoritmos de suavização, as curvas de nível com eqüidistância de 5 metros foram obtidas dentro da área de interesse do serviço.
    Estes produtos representam a exigência de informação cartográfica para subsidiar os Estudos de Viabilidade Final e a Engenharia do projeto Salobo. Eles caracterizam uma etapa importante do Inventário, uma vez que trazem riqueza de informação de locais com dificuldade de acesso, ausência de informação, com restrições ambientais em um tempo exíguo

    fonte

    1. GOSTARIA DE SABER SE A ALGUM INTERESSE NA COMPRA DE JAZIDAS DE COPRE FERRO NIKEI MARMORI PRETO MANGANEIS AO TODO SÃO MAS DE 107 MINAS SITUADA NA BAHIA SE OUVER LIGUE (45)3226-7456/3326-5801/8415-2406 QUE PASSAREI O TEL DO PROPRIETARIO DESDE JÁ AGRADEÇO A ATENÇÃO

    2. SOU APENAS O VENDEDOR LIGUE QUE PASSAREI O TEL DO PROPRIETARIO

    3. queria saber mais sobre esse projeto do salobo isso muito me interessa porque so desse estado concertesa q vai gerar emprego para nosso estado

    4. esse empreendimento vai gerar muito empregos né, já trabalhei no projeto salobo na construtora oas.


    Deixar uma resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    WordPress.com Logo

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

    Connecting to %s

    Seguir

    Get every new post delivered to your Inbox.

    %d bloggers like this: